segunda-feira, janeiro 09, 2012

O pedido de namoro mais bobinho.


Olhei-te e logo pensei:  
Que garota excepcional!
Tarde de sol sublime,
um calor não convencional. 

Tão bela estavas, 
como sempre, ao meu ver.
Olhei o máximo que pude,
com intenção de te absorver.

Eras um sonho, confesso.
Mas tentar não iria custar nada.
Fui até você e disse:
- Gostaria de ser minha namorada? 

Seus olhos estreitaram-se,
Não entendi sua reação.
Sua mão se levantou 
E veio em minha direção.

Nas estrelas  vislumbrei
Teu rosto a brilhar.
Como não aceitaste o meu pedido,
Só me resta a elas me entregar. 

O resumo de toda a ópera
apresento-te agora:
Fiquei decepcionado contigo 
Mas minh'alma aos poucos se revigora. 

Sonhei e fui a lua
Pensei em contigo namorar.
Tu não aceitou meu pedido,
o que me restou foi chorar. 
Autoria: Raíssa Tayná Klasman

Pauta pro Bloínquês, na 70ª Edição Poemas :)

3 comentários:

Dani G. disse...

aaai que bonitinho, adorei *-*

Edenilton Santos disse...

Que pena que ela não aceitou... =(
Mesmo assim, é um belo poema!

Leeti disse...

Bobinho nada, é muito fofo, isso sim :)

Postar um comentário